Você sabe como são gravadas as cenas de ação no cinema? A gente explica!

Seja em uma sequência de combate nos filmes de Jackie Chan, ou até mesmo nas perseguições que tiram o fôlego em Duro de Matar, as cenas de luta são tão realistas, que chegam a provocar reações instantâneas nos amantes de filmes de ação. Atualmente, com a tecnologia 3D, a sensação de realidade se torna ainda mais possível.

Mas você já se perguntou o que há por trás dessas produções?

Profissionalismo é a palavra-chave. Não dá para produzir um material bom sem uma equipe que saiba exatamente o que está fazendo. Ernesto Andreguetto, da Forasteiro, explica que o trabalho requer muita concentração e alinhamento entre várias equipes. “É um quebra cabeça, e a montagem deve ser perfeita! Iluminação, som, imagem e interpretação do ator, são imprescindíveis para quem está captando os movimentos. Se algo sai fora do esperado, tem que começar tudo de novo. ”

As questões técnicas também são bastante importantes. Escolher o ângulo perfeito para criar a ilusão ótica adequada, velocidade de shutter e fps (captura por completo de todo percurso do movimento rápido realizado e dando opção da câmera lenta), além de se ater ao reccord (conversa ideal de um take com o outro na montagem), são detalhes que fazem toda a diferença na montagem das cenas. De acordo com Ernesto, cenas de ação demoram muito mais para gravar do que as estáticas, que dependem apenas de uma atuação de fala e expressão dos atores.

Por trás de toda essa questão técnica existe ainda uma equipe de dublês, que recebe treinamento específico para filmar takes de muito movimento.

A Action Kung Fu tem a experiência de nove anos preparando dublês para protagonizar essas cenas. Um trabalho feito em parceria com a Forasteiro, mostra um pouco da rotina de treinamento. Confira:

A parceria com a Forasteiro é longa e já rendeu vários trabalhos audiovisuais. Para este ano está previsto o lançamento do curta metragem “A lição”.

Atuando há 12 anos como dublê, Gutemberg Lins classifica a performance do ator como uma execução de coreografias que precisa ser bastante ensaiada. “Os ensaios são fundamentais e,  dependendo do tipo de produção, podem durar horas ou até mais de um dia.” Além de atuar, ele também fornece diversos workshops de artes marciais com foco em dublês de ação, mas também aberto ao público que queira ter essa experiência.

Depois de ficar sabendo de tudo isso até que bate aquela vontade de virar dublê, não é mesmo?

ver mais trabalhos >